BENTO GONÇALVES: um resgate autêntico das tradições italianas

Uma experiência para resgatar todas suas memórias afetivas. Assim que se resume a nova atração do Dall`Onder Grande Hotel, que o blog conheceu na noite desta quarta-feira, dia 1º de fevereiro. A convite do hotel e também da Conceito Com Brasil (que organiza mais uma press), eu participei, ao lado de colegas jornalistas, do “Vindima Dall’Onder filó em São Miguel”, uma experiência autêntica das tradições dos imigrantes.
A atração inicia neste sábado, dia 4, para o público em geral.
VEM CONHECER UM POUCO:
O passeio começa com saída do Hotel Dall`Onder, na Herny Hugo Dreher, bairro São Bento, em Bento Gonçalves, com destino a localidade de São Miguel, nos Caminhos de Pedra, também em Bento (não dá nem 15 minutos de bus).
IMG_9975
Logo que chegamos, a gente foi recepcionado por um grupo de moradores locais que formam o coral da comunidade. Vestidos com roupas iguais ao que os imigrantes italianos usavam, eles entoam canções típicas da época. O cenário que se apresenta é encantador: casas de pedras, ampla área verde, objetos e veículos antigos estacionados pelo quintal e um aroma de geleia de uva que já dá água na boca.
IMG_9982
O Rodrigo Ricieri, que representa a área turística do hotel, nos guia para a parte interna da primeira casa de pedra do local. Segundo ele, não há uma data precisa de quando o local foi construído, mas acredita-se que ela foi erguida, a base de pedra, barro, esterco e palha, em meados de 1882 a 1884. Na época, os moradores eram da família de sobrenome Zenoni. Posteriormente, passou a pertencer a família Longo, que foram os últimos a residir ali, no início dos anos 80. Hoje, a área pertence aos Osmarin, que cedeu o espaço para a rede Dall`Onder explorar turisticamente.
IMG_9995
 
IMG_9988
Depois de conhecer todos os espaços, as histórias e curiosidades da moradia, a gente segue para a área externa, onde duas simpáticas senhoras preparam geleia de uva (ou uvada, como chamam) e pão. Sim, o pão é feito especialmente pra ocasião e sai quentinho do forno do quintal.
IMG_0001
IMG_0004
Após acompanhar um pouco este processo, a gente anda poucos passos e conhece o alambique da casa, onde aprendemos como funciona a produção da graspa (aguardente feita a base da uva). A gente prova ali mesmo a cachaça, direto da pipa.
IMG_0029
A religiosidade, tão marcante na história da imigração italiana, está presente através de uma gruta, também feita de pedra e que a gente conheceu.
IMG_0035
Chega a hora de viver a tradicional festa típica italiana: o filó. Uma longa mesa se apresenta dentro de um pavilhão. Sobre ela, os pratos que todo mundo adora: polenta com molho, polenta brustolada, fortaia, salame, copa e queijos, pão e geleia de uva (óbvio), grostoli (calça-virada), sagu com creme, muita uva, vinho, suco e água. Ou seja: MUITA FARTURA!
IMG_0057
IMG_0052
IMG_0054
IMG_0036
Para finalizar a experiência, somos convidados a fazer o ritual mais antigo na produção do vinho: a pisa da uva.
IMG_0081
TODO O PASSEIO é acompanhado pelo coral. É tudo muito animado.
Legal, né?
Você também pode participar de todas estas vivências. A atração é permanente e irá ser realizada sempre aos sábados, no final do dia.
Toda a atração, que contempla transporte do hotel até o local, o filó e todas as vivências, custa R$ 150 por pessoa.
 
 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

POsts relacionados